O Comportamento no Tatame

O respeito é muito importante, infelizmente tem gente que não respeita os alunos, professor, academia e tatame…
Falar pelas costas de alunos ou professor, treinar com maldade, querer mostrar que é melhor sem se importar com o colega… tudo isso é falta de respeito!

Leia abaixo algumas regras básicas:

1 – Este tatame segue as regras tradicionais de boa conduta. Cabe a cada estudante honra-las e segui-las com sinceridade.

2 – Respeite seu Mestre, respeite o professor, respeite o tatame, respeite seu kimono, respeite as outras artes marciais e respeite os colegas de treino.

3 – Respeitar, Respeitar e Respeitar, é um pensamento constante dentro do tatame.

4 – Cada atleta deve cooperar para criar uma atmosfera positiva de harmonia e respeito.

5 – É prerrogativa do professor decidir se irá ou não tomar você como aluno. A técnica não se compra.

6 – Mesmo estando fora do tatame, mantenha o respeito durante os treinos e nao tire atenção de quem esta dentro do tatame.

7 – O tatame não deve ser utilizado para outro fim a que se destina, salvo expressa ordem do professor.

8 – Evite frequentar as aulas se estiver com alguma doença transmissível por ar ou contato.

9 – Se estiver com alguma lesão ou incapacidade física comunique ao professor, antes de iniciar o treino.

10 – Cuide da sua higiene: o kimono deve estar sempre limpo e lavado e as unhas das mãos e dos pés bem aparadas, para evitar ferir um companheiro.

11 – Remova toda e qualquer jóia, aliança, relógio, corrente ou qualquer acessório que prejudique seu treino e dos seus parceiros. Cabelos compridos devem ser presos com elástico e não com presilha.

12 – É proibido fumar ou fazer uso de bebida alcoólica em todas as dependências da academia inclusive vestiário e banheiro, assim como chegar embriagado para o treino.

13 -A academia é de responsabilidade de todos que usam seu espaço. Mantenha a mensalidade em dia, pois ela que mantêm as despesas do local e da à você a oportunidade de mostrar um pouco de gratidão pelas lições recebidas.

14 – Sinta-se em casa para dar informações a visitantes, arrumar o que estiver desarrumado, limpar o que estiver sujo.

15 – Se precisar ausentar-se por algum tempo dos treinos por viagens ou doença avise o professor.

16 – Ao entrar ou sair do tatame faça sempre reverência.

17 – Não pise calçado no tatame.

18 – Não ande descalço fora do tatame.

19 – Não ande pelo tatame sem estar completamente vestido.

20 – Evite atraso, se por motivo de força maior chegar com a aula já iniciada, entre no tatame discretamente, pedindo licença ao professor, faça uma reverência ao professor dizendo Oss , cumprimente todos os faixas pretas que houver no tatame e se adapte ao ritmo dos exercícios, evitando que seu atraso prejudique o treino.

21 – Caso entre um faixa preta no tatame com a aula já iniciada, pare imediatamente o que estiver fazendo e vá cumprimenta-lo, em seguida retorne ao ritmo dos exercícios, ou aguarde orientação.

22 – Não abandone o tatame durante a aula. Se você precisar sair temporariamente do tatame peça autorização; deve-se pedir autorização até mesmo para usar o banheiro ou tomar agua.

23 – Ao entrar no tatame esvazie a mente dos problemas diários e foque no treinamento.

25- Evite conflitos de ego no tatame. O tatame não é um ringue de competição de vaidade. Você deve treinar para dominar seus próprios instintos agressivos.

26 -Treine exactamente como orientado pelo professor.

27 Jamais se deve contra argumentar com o professor, não há lugar para discussões em um tatame.

28 – Respeite o Mestre e seus ensinamentos da forma como forem transmitidos pelo professor. Nunca argumente com o professor, mesmo que outro instrutor tenha dito algo diferente. Existem várias formas de se executar as técnicas e você deve seguir cada instrutor, em cada aula, no melhor de sua capacidade.

29 – Quando o professor demonstrar uma técnica, preste atenção e faça perguntas na hora apropriada.

30 – Não deixe de fazer nenhuma técnica (a não ser que esteja machucado).

31 – Quando o fim de uma técnica for determinado, pare imediatamente. Faça uma reverencia e agradeça seu parceiro.

32 – Não recuse a treinar com nenhum parceiro.

33 – Respeite os mais graduados. Evite discutir sobre a técnica.

34 – Respeite os menos graduados. Não inviabilize sua prática.

35 – Os mais graduados devem, por sua vez, treinar as técnicas sempre com os menos graduados, conduzindo o movimento, em caso de duvida. Mas nunca devem corrigi-lo ou instrui-lo, a menos que tenha autorização, isso cabe ao professor.

36 – Nunca pense que estará atrapalhando alguém por não saber executar algum movimento. todos estão aprendendo, uns ajudando aos outros.

37 – Esteja consciente do que ocorre ao seu redor. Dose a intensidade dos movimentos principalmente com os menos graduados. tenha responsabilidade sobre vc mesmo e seu companheiro de treino.

38 – Treine com afinco e energia, mas sempre respeitando a integridade física do colega. Durante as aulas ha sempre pessoas de diferentes sexos, idades, capacidade física, habilidades e possibilidades diferentes. Tenha consciência de suas limitações. Cada indivíduo tem suas razões para estar no tatame. Respeite a todos.

39 – As metas de treinamento de cada parceiro devem ser levadas em consideração.

40 – Ao termino do treino, aguarde a saudação em formação e então agradeça cada parceiro com quem treinou e faça uma reverência formal.

41 – Procure participar dos eventos da academia e da sua equipe: seminários, demonstrações, palestras, limpezas gerais, comemorações, etc. A sua evolução no JiuJitsu está inteiramente vinculada a presença nesses eventos.

42 – O Jiu Jitsu é um meio para o desenvolvimento pessoal, para o treinamento do corpo, mente e espírito. Respeito, sinceridade, humildade, cooperação, harmonia e boa vontade são condutas essenciais aos praticantes da arte suave.

Leia, aprenda, tente aprender ou entender e faça por merecer a faixa que você usa e a bandeira que você representa!

OSS